Banner advocacia extrajudicial arthur 1920x560 v1

Advocacia Extrajudicial

Matricule-se já Grátis
Banner advocacia extrajudicial arthur 960x540 v1
4 vídeos
1 hora

Descrição do curso

A Advocacia Extrajudicial é um segmento do mundo jurídico que vem ganhando enorme força nos últimos anos.

Muitas de suas vantagens estão expostas no artigo abaixo, escrito pelo Professor Arthur Del Guércio Neto, responsável pelo curso.

Como a Academia SPCM está ligada nas novas tendências, resolvemos ofertar esse curso totalmente gratuito, para que não só conheçam o perfil da plataforma, mas também ganhem informações valiosas para o seu cotidiano de trabalho.

Lembramos que é um tema interessante não só para Advogados, mas também para Tabeliães/Oficiais e suas equipes de colaboradores, os quais poderão expor com mais qualidade os benefícios dos cartórios aos seus potenciais clientes!

 

 

Artigo – Advocacia Extrajudicial – Arthur Del Guércio Neto

 

Advogado: uma das profissões mais bonitas e numerosas do Brasil, por muitos anos ligada estritamente ao litígio, solucionado pelo Poder Judiciário.

No entanto, o recente fenômeno da “desjudicialização” vem mudando esse quadro, pois abraça a ideia de que o Poder Judiciário só irá intervir quando necessário.

Buscam-se mecânicas alternativas para a solução de conflito, as quais valorizam o consenso e bom senso. Nesse cenário, destacam-se os cartórios, agentes de paz social, destinados a ofertar segurança jurídica.

A terminologia “advocacia extrajudicial” ganha força, sendo aquela exercida nos cartórios, serventias extrajudiciais. A grande vantagem dessa nova forma de militar consiste na rapidez, marca registrada das serventias notariais e registrais.

Casos que demoravam anos, décadas, para serem resolvidos, hoje são sanados em horas, dias. Exemplos bastante corriqueiros são as escrituras de separação, divórcio, dissolução de união estável e inventário, realizadas por tabeliães de notas, com a presença obrigatória do advogado, as quais são extremamente mais céleres do que os caminhos judiciais.

Uma das “meninas dos olhos” do Novo CPC, a usucapião extrajudicial, também é um raio no quesito tempo de procedimento, envolvendo a ata notarial e outros documentos a serem apresentados no registro de imóveis.

Ata notarial, aliás, potente meio de prova, utilizado com sucesso em casos de ofensas na internet ou telefones celulares (incluindo o WhatsApp). O mundo virtual, até bem pouco tempo “terra de ninguém”, hoje encontra nos tabeliães de notas xerifes dignos de um faroeste!

Os cartórios também têm destaque em assuntos que envolvam o planejamento sucessório, com o testamento público, criação de pessoas jurídicas e doações com reserva de usufruto.

Os advogados que exerçam o seu labor junto aos cartórios, além de colaborarem com a “desjudicialização”, defendem de maneira efetiva os interesses de seus clientes, os quais almejam soluções rápidas, seguras e num excelente custo-benefício aos seus percalços.

Categoria: Curso Del Guércio de Direito Notarial e Registral


Informações gerais

Professores



Arthur Del Guércio Neto


Tabelião de Notas e Protestos em Itaquaquecetuba.
Especialista em Direito Notarial e Registral. Especialista em Formação de Professores para a Educação Superior Jurídica. Escritor e Autor de Livros. Palestrante e Professor em diversas instituições, tratando de temas voltados ao Direito Notarial e Registral. Coordenador do Blog do DG (www.blogdodg.com.br).
Aprovado no Concurso Público para Delegado da Polícia Federal, no ano de 2005; aprovado no 3º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo, no critério de provimento; aprovado no 5º Concurso Público de Provas e Títulos para a Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo — Delegações de Registro de Imóveis, nos critérios de provimento e remoção; aprovado no 6º Concurso Público de Provas e Títulos para a Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo - Delegações de Registro Civil das Pessoas Naturais, nos critérios de provimento e remoção; e, aprovado no 7º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo, nos critérios de provimento e remoção.